quarta-feira, 4 de maio de 2016

Noticias

Estou passando meus últimos dias praticamente em biscoitos e café( sem café da manhã e almoço)... será que vai dar diferença na balança?

terça-feira, 12 de abril de 2016

Voltei

Olá, agora é oficial ESTOU DE VOLTA...

Já se passou dois meses que meu bebê nasceu, não vou ter outro e então já é Hora de sair da gordurice aguda.
Estou horrível, mãe de dois bebês, um de 1 ano e outro de 2 meses, meu corpo não aguentou tanta pressão, estou desfigurada, criei barriga (muita barriga), desenvolvi estrias e celulites, estou horrível.
Me pesei e estou com 64kg, uma baleia, gorda, horrorosa.
Saí esse fds e uma vizinha chegou e disse sem reservas ...
- Agora seu bebê já está grandinho, já já pode começar a fazer dieta.
Essas foram as palavras que a boca dela disse, mas as palavras que ela realmente disse foram...
-(você está uma gorda, baleia, precisa de uma dieta urgente, você está horrível,  seu corpo está um monstro, acorda sua feia gorda).
Bom isso me fez muito mal, porém me acordou, comecei uma dieta ontem, segunda feira. Com o mínimo que pude, já somam 2 dias sem café da manhã e sem almoço, apenas água, suco, café, é o suficiente pra não passar mal de fome, e muita amamentação. Dizem que amamentar emagrece ne, então vou abusar.

Meta do reverso...Vou transformar meus 64 kg em 46 kg...e vamos a luta.
Quem vem junto, inverter os números dos quilos?
QUANDO ESTAMOS JUNTOS, SOMOS MAIS FORTES!
Muita força e uma ótima semana pra quem está de dieta.
Bjs da Lana....😙

sábado, 12 de dezembro de 2015

quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

Só observando........

Tenho visto e ouvido ultimamente como somos vistas e vistos, TV, mídia, revistas, jornal, matérias...
Somos vistas e vistos como monstros, como ameaça, como destruidores de pessoas.
Discordo, somos sim diferentes, temos alvos a alcançar um pouco diferente do resto do mundo, e quem não tem?
Algumas pessoas quer pintar o cabelo, outras querem um namorado, outras querem um trabalho, outras querem um carro, outras uma casa, outras se casarem, outras ter uma família, outras querem ter filhos, outros passar na faculdade, outras se formarem, e tantos outros objetivos.
Isso torna essas pessoas diferentes? Sim, pois tem algumas pessoas que não tem objetivo nenhum.
Isso torna agente diferente? Sim, queremos alcançar algo, mas isso não nos torna uma ameaça, um monstro, muito menos pessoas doentes, que ameaçam a paz alheia.
Há tenha dó, queremos apenas emagrecer, queremos não mais sofrer com o desrespeito, com as críticas, não queremos mais ser piada de uma sociedade preconceituosa.
Queremos nos sentir livres, leves, queremos sorrir, ter vontade de sair, ter amigos, sentir bem.
Queremos apenas ser magras, se os nossos métodos são vistos como radicais, a culpa é de vocês, que nos oprimem, nos diminuem, nos humilham, gordos sofre, gordos tem sentimentos, gordos choram, gordos são pessoas.
Só que os gordos que hoje estão aqui vivendo com a Ana e a Mia, cansaram da rejeição de vocês e querem mudar de vida, estão tentando desesperadamente se encaixar no mundo que vocês vivem, e que nos violentaram tantas vezes com o desprezo, alguns até com agressão físicas.
Não somos monstros, não somos doentes, não temos transtornos, somos seres humanos cansados de sofrer, queremos viver, queremos ser magras e magros, hoje já não buscando mais uma aceitação na sociedade, mas buscando a paz interior.
E as pessoas que nos criticam são o que?  Não vejo ninguém rotulados elas de nada, não vejo ninguém falando que elas são doentes, que tem distúrbios, não vejo nenhuma atitude sendo tomado a respeito delas. E deveria?
Sim! Por acaso essas pessoas são normais? Pra vocês sim ne. Pois elas comem, dormem, estudam, saem, divertem, são lindas e lindos pois são tudo, menos gordos.
E agente é quem tem problemas, já tentaram pensar o contrário?
Já pensaram que quem faz essas coisas conosco, tem problemas mentais, tem um sério transtorno, de não aceitar os outros como são.
Não são diferentes dos racistas, agora um assunto tão presente e polêmico não é mesmo? Pois é.
E para com isso, de ficar falando, escrevendo, postando que somos uma má influência, que os nossos costumes servem de motivação pra outras pessoas a seguirem nosso estilo de vida, até parece que tem alguém aqui forçando os outros a serem Anas e Mias, quando alguém chega até aqui, é porque já se cansou da discriminação de todos, é que já cansou de sofrer calado.
Se hoje somos muitos aqui, também não somos diferentes dos demais, agente fica bem onde nos aceitam, onde nos identificamos, aqui encontramos amigos e amigas, pessoas que nos entende na íntegra, aqui não precisamos nos esconder, somos gordos, comemos muito, temos banhas, gorduras e temos um coração partido com tanto preconceito, aqui ninguém é melhor ou pior, aqui somos quem somos, andamos do lado, não na frente, não atrás, aqui nos identificamos, somos úteis, ajudamos quando podemos e quando precisamos, somos ajudados.
Estou cansada de ver todos nós julgarem, não somos doentes, não somos um perigo.
Somos pessoas que querem ser magras, que querem poder comprar roupas bonitas, não as que cabem,somos pessoas querendo ficar bem e nada mais.
PRONTO FALEI.